Esta é a história de um pai mudo e do seu amor incondicional pela sua filha adolescente que gostava de ter um pai diferente.

Alvo de bullying na escola por ter um pai que não consegue falar, a menina sofre muito e começa a desejar ter um pai que falasse como os pais de todas as outras pessoas. Um pai que a ouvisse e soubesse o que ela queria e gostava.

Cansada de tanta cachota durante a difícil fase da adolescência, a moça comete uma loucura. Tenta o suicídio no dia do seu aniversário. O pai, em desespero, corre com ela para o hospital na tentativa de a salvar.

Cliquem em “Play” e assistam à conclusão emocionante deste vídeo inspirador e motivacional. (Depois de carregarem em “Play”, cliquem no botão CC para activar as legendas em Português.)

Video Motivacional «O Silêncio Do Amor». Este Vídeo Vai Fazer-te Chorar.

Silence Of Love | This Commercial Will Make You Cry

Este anúncio da seguradora tailandesa “Thai Life Insurance” termina com uma grande lição. Não precisamos de ter o “melhor pai de todos os pais”, nem tão pouco um “pai melhor”. Apenas precisamos de alguém que nos ame mais que tudo. De um amor incondicional como aquele que este pai nutria pela sua filha.

Aquilo que os outros nos possam dizer ou apontar em cruéis e baixas atitudes de bullying deve ser ignorado. Pessoas que nos ofendem e nos tentam mandar abaixo não merecem o nosso respeito nem que percamos tempo com elas. Seria dar-lhes a importância que claramente não merecem. Temos de ser fortes, de ter uma personalidade vincada e pensarmos pelas nossas próprias cabeças.

Neste caso, como a adolescente veio a entender, o facto de o pai ser mudo não o diminui em relação ao pais dos outros em nada. Até pelo contrário, porque este pai tudo fez para salvá-la e lutava todos os dias para lhe dar uma vida melhor e feliz.

Se a menina tivesse isto sempre em mente e nisto piamente acreditasse – que era não mais do que acreditar em factos provados e reais – não haveriam ofensas, provocações e gozações que a afectassem. E quanto mais as ignorasse, mais quem a ofendia se sentiria ridículo ao ver que não a conseguia afectar e acabaria por desistir.

A moral da história é, todavia, outra. ter um pai mudo ou um que consegue falar não interessa. Ter o melhor dos pais ou um diferente não interessa. O que interessa é ter um pai que nos ame e que cuide de nós. Cuidem daqueles que amam. Isso é que é verdadeiramente importante.

Video Motivacional: «Silêncio do Amor» de um pai mudo pela filha adolescente
Video Motivacional: «Silêncio do Amor» de um pai mudo pela filha adolescente

Comentários

comentários